Plástico nobre

O visual e a sensação de aconchego são os mesmos de espécies como ipê e maçaranduba, mas as peças da foto não exigem o corte de árvores para sua fabricação e dispensam a aplicação de vernizes. Eis os principais atributos da madeira plástica, que reaproveita descartes da indústria e emprega fibras naturais. Própria para decks e outros acabamentos, ela conquistou o paisagista Edu Bianco, de São Paulo, que acabou de adotá-la em paredes e pisos externos. “Você pode colocá-la em locais que recebem água sem o risco de apodrecimento”, diz. “A desvantagem é que o plástico absorve mais calor que a madeira”, completa.

1. As réguas da Allpex têm quatro cores, como cinza e marrom. Largura de 20 cm e comprimentos de até 3 m. R$ 139 o m².
2. Na Ecowood Rio há sete tons, entre eles, tabaco, maçaranduba e paubrasil. Peças com 10 cm de largura e até 6 m de comprimento. R$ 109 o m².
3. Neve e esmeralda são os novos tons da Ecoblock. Medidas: 2,98 m de comprimento e larguras de 5 a 30 cm. R$ 139,45 o m².

Fonte: http://pro.casa.abril.com.br/profiles/blogs/plastico-nobre

Comentários

Postagens mais visitadas