Dona de casa


Espero que gostem do texto abaixo... fiz com todo carinho.

No dia 31 de outubro é comemorado o dia da Dona de Casa!!!.
Eu sei que hoje não é dia 31 de outubro mas me interessei pelo assunto...
 Além disso é uma profissão que existe a tanto tempo e eu nem sabia que tinha uma data especifica para comemorar...

É estranho, porque hoje dizer eu SOU apenas DONA DE CASA,  torna-se quase um palavrão. O termo vem carregado de preconceito, e por nós mesmas Mulheres!!!

Porque os valores foram invertidos, e antes eu tinha apenas esta sensação, achava que eu é que sentia assim, mas agora eu tenho certeza... 
Afinal, aprendemos desde crianças a investir na formação e carreira, livrando-se da dependência dos maridos, o que era comum no tempo de nossas mães. 




"Basta falar que é dona de casa para as pessoas olharem para você com pena, ou acharem que você é inútil ou folgada por não ajudar o marido com as despesas." 
Já ouvi pessoas dizerem que "dona de casa é empregada doméstica de filhos e marido". 



Pois bem, entendam o que no passado não éra uma escolha e sim obrigação a ser seguida agora é uma opção.

As realizações das novas donas de casa não se resumem mais a passar direitinho a gola da camisa do marido ou a deixar a casa "um brinco", mas sim a cuidar atentamente dos filhos, ter boa qualidade de vida e - aí vem a grande virada - manter-se sempre bem-informada. Mesmo que isto signifique gastar menos.

Não é questão de valores. E questão de  entender que não é necessário pender nem para um lado nem para o outro. 
Nós simplesmente conquistamos este direito!!!
Nós mulheres buscamos a liberdade e conquistamos.
Somos grandes profissionais, empresarias, médicas, advogadas, presidente.. excelentes no que fazemos.

Mas liberdade é poder decidir o que queremos fazer e não seguir o que a sociedade acha correto.
Lutamos tanto por estes títulos, que esquecemos de parar e olhar para ver o que nos faz realmente feliz.

Sei que existe uma diferença entre querer e poder ser para tudo.
Mas se é viver como Dona de casa que te faz feliz... porque não? 

Eu digo:
Não há dinheiro, carreira ou prestígio que pague o que estou vivendo. 
Estou feliz!!!
Conforto, coisas materiais, tenho a vida inteira para conquistar!!!
Mas eu tenho escolha!!!
Se quiser trabalhar novamente, eu vou trabalhar, mas no momento estou muito FELIZ!!!

Na net:
...Hoje dia 31 de Outubro, Dia da Dona de Casa, o Blog Casa e Fogão quer homenagear, essas mulheres guerreiras, que muitas vezes não são valorizadas pela sociedade.
Todos já bem, que eu não tenho problema nenhum em assumir que sou uma dona de casa.
Mas ainda infelizmente, pelo preconceito que muitos tem, existem mulheres que não assumem, essa linda e abençoada atividade.
Quero através do meu blog, dizer á nós dona de casa, que somos privilegiadas, e devemos ter orgulho disso.
Que não podemos mudar o mundo. Mas podemos mudar a nós.
Se muitas vezes, a própria mulher, gosta de ser dona de casa, mas tem vergonha de assumir, como queremos que a sociedade deixe desse preconceito bobo, se nós  mesmo temos preconceitos dessa atividade?
Gostaria que todas, sentisse a mesma alegria que eu sinto. Mas sei que cada cabeça é uma sentença, e isso devemos respeitar.
Lembro-me que uma vez, fui vítima de uma pessoa preconceituosa, por ter um blog de dona de casa e assumir isso publicamente.
Mas respondi á pessoa:
-Amo o que eu faço, e não tenho problemas algum em assumir que sou uma dona de casa feliz!
Amigas, quero que neste dia, todas vocês, dona de casa como eu, sintam-se abraçadas.
E nunca, sintam vergonha e dizer que é uma dona de casa.
O que seria do mundo, se não existisse a dona de casa?
Nada!!! 
Texto da blogueira Silmara Freitas Blog é: http://casaefogao.blogspot.com/

"A mulher, contudo, sempre vai se sentir culpada, ou por deixar o filho em casa ou por abandonar o trabalho", ressalta a pesquisadora Cecília. "Por isso, o importante é saber administrar essa culpa feminina inerente, que perece fazer parte de seu DNA", conclui.  

Mas e você? Qual a sua opnião?

Fontes:

Comentários

  1. Que texto bacana!
    Ainda não sou dona de casa de fato porque ainda não tenho a minha própria casa, mas admiro muito as mulheres que conseguem dar conta do serviço doméstico, dos filhos e ainda do marido que muitas vezes é a exigência ao quadrado.
    Dona de casa também é profissão, não é a toa que muitas já conseguem até se aposentar. Minha vizinha é aposentada, mas continua na ativa. rs
    Serei uma também mas no momento sou uma futura dona de casa.

    Bjos.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Bjs

Káh Lima Romão

Postagens mais visitadas